sexta-feira, 7 de outubro de 2011

III CBPN e III ÁFRICAS (Caderno de Progrmacao)


 


















































                                                                                                                                                                       



























DIRETORIA

Presidente - Nilo Rosa dos Santos
Vice Presidenta - Marluce de Lima Macedo
Segunda Vice-presidente - Florentina da Silva Souza
Primeiro Secretário - Lilian Almeida dos Santos
Segundo Secretário - Ana Cláudia Lemos Pacheco
Primeiro Tesoureiro - Rosângela Souza da Silva
Segundo Tesoureiro - Maria Durvalina Cerqueira Santos

COMISSÃO ORGANIZADORA
Wilson Roberto de Mattos (Coordenador Geral)
Suely Santos Santana (Vice-Coordenadora)
Ana Rita Santiago da Silva
Ana Claudia Pacheco
Edna Araujo
Benjamin Xavier de Paula
Claudia Rocha da Silva
Cloves Luiz Pereira Oliveira
Denílson Lessa dos Santos
Denise de Almeida Ribeiro
Florentina da Silva Souza
Francismeire Santos Ferreira
Guacira Cavalcante Oliveira
Juvenal de Carvalho Conceição
Lilian Almeida dos Santos
Maria Durvalina Cerqueira Santos
Marluce de Lima Macedo
Nilo Rosa dos Santos
Paulino de Jesus Francisco Cardoso
Simone de Jesus Santos
Rosângela Souza da Silva
Vanicléia Silva Santos
Willian Robson Soares Lucindo
Matheus Oliveira de Moraes
Franklyn Pereira dos Santos
Cristiana Reis Santana dos Santos
Luiz Eduardo da Silva Sacramento
Daniel dos Santos
Alisson Cruz Soledade

COMITÊ CIENTÍFICO
Drª. Florentina da Silva Souza – UFBA (Presidente)
Dr. Boubacar Barry – Universidade Cheik Anta Diop – Senegal
Dr. Edson Ferreira – UEFS
Dr. Elias Alfama Vaz Moniz - Universidade de Santiago/Cabo Verde
Dr. Elikia M’ Bokolo – Escola de Altos Estudos – França
Dr. Jacques Delpechin – UEFS
Dr. Jocélio Telles – UFBA
Dr. Roberto Borges – Cefet/RJ
Drª. Ana Célia da Silva – UNEB
Drª. Claudia Mortari Malavota – UDESC
Drª. Eliane Cavalleiro – UnB
Dr. Manuel Jauará - UFSJDR
Drª. Maria de Lourdes Siqueira – UFBA
Drª. Marise de Santana - UESB
Drª. Severino Elias Ngoenha – Universidade Eduardo Mondlane/Moçambique
Drª. Valdélio Santos Silva – UFBA
Drª. Wilma Baia – UFPA
Drª. Zimitri Erasmus – Universidade da Cidade do Cabo/África do Sul


ÍNDICE

1.     APRESENTAÇÃO

2.    PROGRAMAÇÃO GERAL

3.    CONFERÊNCIAS

4.    MESAS REDONDAS
Mesa 01. Educação e relações étnicas: dinâmicas e práticas dos legados africanos e indígenas
Mesa 02. Militância e pesquisa: o dilema do intelectual negro
Mesa 03. Educação básica da Bahia: desafios e perspectivas
Mesa 04. História e Cultura Afro-Brasileira
Mesa 05. África e diáspora II
Mesa 06. Questões urbanas e racismo: territorialidade e violência
Mesa 07. Literatura Africana e Afro-Brasileira
Mesa 08. África e diáspora I
Mesa 09. Balanço das políticas de ações afirmativas
Mesa 10. Gênero e contemporaneidade
Mesa 11. Saúde da população negra
Mesa 12. Alteridade e compaixão na diáspora

5.    GRUPOS DE TRABALHO
GT 01. Questões urbanas e racismos
GT 02. Mídia e relações raciais
GT03. Ensino de Áfricas
GT 04. África, história e historiografia
GT 05. Literatura, arte e performances negras
GT 06. Saúde da população negra
GT 07. Desenvolvimento local e arranjo sócio econômico
GT 08. Ciência e tecnologia
GT 09. Políticas de ações afirmativas e ensino superior
GT 10. Gênero/raça/poder e desafios
GT 11. Cultura, comunidades tradicionais e religiões
GT 12. Pensamentos e intelectuais negros

6.    ATIVIDADES CULTURAIS
Grupos culturais, danças, músicas, performances
Lançamento de livros






1.       APRESENTAÇÃO

III CONGRESSO BAIANO DE PESQUISADORES NEGROS/III SEMINÁRIO INTERNACIONAL ÁFRICAS

A realização conjunta e com programação unificada do III Congresso Baiano de Pesquisadores Negros e do III Seminário Áfricas: Historiografia Africana e Ensino de História, guardando semelhanças temáticas configuradas na preocupação com as questões envolvendo a pesquisa e o ensino de África nas diversas áreas de conhecimento, é o resultado de uma articulação acadêmica e política envolvendo a Associação de Pesquisadores Negros da Bahia – APNB, a Rede Internacional de Estudos Africanos e da Diáspora – READI, o Centro de Estudos dos Povos Afro-Índio-Americanos – CEPAIA, o Núcleo Interdisciplinar de Estudos Africanos e Afro-Brasileiros - AFROUNEB e todas as universidade públicas baianas.
 Esta articulação constitui-se como uma resposta efetiva, na forma de produção de subsídios acadêmicos, às demandas educacionais contemporâneas de ampliação e aperfeiçoamento das pesquisas, da produção bibliográfica, de material didático e de metodologias de ensino, determinadas pelo novo ordenamento legal a partir da edição da Lei Federal nº10639/03 que obriga as escolas da educação básica a incluírem nos seus currículos, os conteúdos de História da África e Cultura Afro-Brasileira e Africana.
Portanto a proposta do presente evento de reunir intelectuais brasileiros e africanos em torno dessa preocupação fundamental, ensejará debates, reflexões e trocas acadêmicas de alta relevância que, seguramente, resultarão em impactos positivos no campo dos chamados Estudos Africanos e da Diáspora.
Para tanto, elegemos como objetivos deste evento integrado:
  • Intercambiar experiências de pesquisa e promover debates interdisciplinares;

  • Inventariar as áreas e temas de interesse de pesquisa de pesquisadores negras e negros;

  • Criar estratégias com vistas a buscar cooperação em relação às instituições nacionais e internacionais, de fomento à pesquisa, produção e difusão de conhecimentos;

  • Criar mecanismos de divulgação de resultados das pesquisas concluídas e em andamento;

  • Contribuir para a organização e fortalecimento da histórica demanda de criação de uma Área de Conhecimento intitulada, Estudos Africanos e da Diáspora, junto ao CNPQ.

  • Estimular diálogos com pesquisadores e instituições nacionais e internacionais de pesquisas, intensificando a ampliação de debates e proposições na área dos Estudos Africanos e da Diáspora, com vistas a instituir e fortalecer uma rede de solidariedade acadêmica e social entre os intelectuais negros e negras do Brasil, e os intelectuais dos países africanos.


INFORMATIVO E MENSAGEM DE BOAS-VINDAS DO AFROUNEB: Núcleo Interdisciplinar de Estudos Africanos e Afro-Brasileiros


Em uma conjuntura social e acadêmica de transformações, relativamente radicais, no sentido de ampliação das possibilidades de inclusão social, amparadas por novas concepções de justiça, democracia, direito e cidadania, surge no Departamento de Ciências Humanas – UNEB/Campus V (Santo Antonio de Jesus), o Núcleo Interdisciplinar de Estudos Africanos e Afro-Brasileiros. Esse Núcleo, na sua prática de formação, pesquisa, produção e de difusão do conhecimento e que, nessa ocasião, dá abrigo institucional ao III Congresso Baiano de Pesquisadores Negros e III Seminário Internacional: Áfricas, tem como missão fundamental dar continuidade, de modo sistemático, a atividades que se inscrevem na trajetória histórica do referido Departamento há pelo menos 15 anos, qual seja, o desenvolvimento de palestras, seminários, encontros, pesquisas, cursos e publicações voltados para o fomento às discussões e debates acerca das experiências das populações negras no Brasil e nos países africanos.
O objetivo do AFROUNEB é ampliar o conhecimento sobre essas experiências, e assim contribuir com o processo de construção da igualdade étnico-racial, no Brasil, de um modo geral, na Bahia, em particular e em Santo Antonio de Jesus e região, de modo mais específico e direto.
A título de exemplo e como marco inaugural desta trajetória cabe destacar o evento intitulado Semana da Consciência Negra, desenvolvido no DCH-Campus V desde 1995 envolvendo a cidade, seus habitantes e suas instituições na discussão de questões relacionadas à dinâmica das relações raciais, suas desigualdades e hierarquias.
Entendido em justa perspectiva histórica o Núcleo Interdisciplinar de Estudos Africanos e Afro-Brasileiros, já nasce com 15 anos de história, herdeiro que é de toda esta trajetória. Nesse sentido configura-se como compromisso ético, político e acadêmico do Núcleo, levar adiante este legado produzindo inovações que repercutam em avanços na luta de todos nós pela promoção de uma verdadeira democracia racial, instituindo no DCH-Campus V e na UNEB, um campo de reflexão, produção de conhecimento, difusão e formação de pessoas -sobretudo professores-, deliberadamente vinculado às experiências, formas de expressão, especificidades de saberes, valores, transcendências e racionalidades próprias aos povos negros da África, do Brasil e, em especial, da Bahia. 
Essa postura tem determinado ao AFROUNEB instituir-se em torno de fundamentos doutrinários e concepções basilares: filosóficas, acadêmicas e políticas afinadas com as demandas da contemporaneidade, sobretudo aquelas demandas que singularizam as especificidades sociais, políticas, econômicas, culturais e epistemológicas, dos povos a quem este Núcleo está, prioritariamente, a serviço: o povo negro da África e da Diáspora.
Em nome dessa trajetória e princípios, o AFROUNEB recepciona os convidados do referido evento, desejando a todos e a cada um, uma jornada de muito proveito, muito conhecimento e de muita felicidade.




A COORDENAÇÃO

          

2.       PROGRAMAÇÃO GERAL – 12 A 16 DE OUTUBRO DE 2011


QUARTA-FEIRA 12/10/2011
(09h00min – 18h00min)
Credenciamento
(14h00min – 16h00min) Reunião ABPN
(16h00min – 18h00min)
Credenciamento
(19h30min)
Abertura Solene
(21h00min)
Programação Cultural (Padê de Abertura)



QUINTA-FEIRA 13/10/2011
(08h00min – 10h00min)
Mini-cursos
(10h00min – 12h00min)
Mesa-redonda
(12h00min – 14h00min)
Inserções Culturais
(14h00min – 16h00min)
Comunicações Coordenadas
(16h00min – 18h00min)
Mesa-redonda
(18h00min - 18h30min) Vídeo “Angola Contemporânea”
(19h30min) Conferência de Abertura
(21h00min)
Programação Cultural




SEXTA-FEIRA 14/10/2011
(08h00min – 10h00min)
Mini-cursos
(10h00min – 12h00min)
Mesa-redonda
(12h00min – 14h00min)
Inserções Culturais
(14h00min – 16h00min)
Comunicações Coordenadas
(16h00min – 18h00min)
Mesa-redonda
(18h00min – 19h30min)
Assembléia APNB
(19h30min) Conferência Temática
(21h00min)
Programação Cultural


SÁBADO 15/10/2011
(08h00min – 10h00min)
Mini-cursos
(10h00min – 12h00min)
Mesa-redonda
(12h00min – 14h00min)
Inserções Culturais
(14h00min – 16h00min)
Comunicações Coordenadas
(16h00min – 18h00min)
Comunicações Coordenadas
(18h00min – 19h30min)
Lançamento de Livros
(19h30min) Conferência Encerramento
(21h00min)
Programação Cultural


DOMINGO 16/10/2011
(08h00min – 10h00min)
Comunicações coordenadas
(10h00min –12h00min)
Mesa-redonda
(12h00min– 14h00min)
Almoço de confraternização


 

 

3. CONFERÊNCIAS




QUINTA-FEIRA – 13/10 – 19:30h
CLUBE DOS 100 – Centro da cidade
CONFERÊNCIA DE ABERTURA
Título: ÁFRICA E DIÁSPORA: para além das fronteiras
Conferencista: Prof. Dr. Severino Elias Ngoenha – (Moçambique)


SEXTA-FEIRA – 14/10 – 19:30h
AUDITÓRIO MILTON SANTOS – Campus V - UNEB
CONFERÊNCIA TEMÁTICA
Título: CULTURAS E LÍNGUAS AFRICANAS: a comunicação multilíngüe como estratégia de inclusão em Moçambique
Conferencista: Prof. Dr. Armindo Ngunga (Moçambique)


SÁBADO – 15/10 – 19:30h
AUDITÓRIO MILTON SANTOS – Campus V - UNEB
CONFERÊNCIA DE ENCERRAMENTO
Título: DESAFIOS EPISTEMOLÓGICOS E METODOLÓGICOS NO ESTUDO DE ÁFRICA E SUA DIÁSPORA: possibilidades e limites
Conferencista: Prof. Dr. Claudio Furtado (Cabo Verde)




4. MESAS-REDONDAS

CAMPUS V - UNEB

 


QUINTA-FEIRA – 13/10 - 10h às 12h

SALA Auditório
1. EDUCAÇÃO E RELAÇÕES ÉTNICAS: dinâmicas e práticas dos legados africanos e indígenas
Coordenação: Profª. Drª. Marise de Santana – UESB
Participantes:
Prof. Dr. Edson Ferreira - UEFS
Prof. Dr. Ruy Póvoas - UESC
Profª. Drª. Maria Batista Lima – UFSE
Prof. Dr. Valdir Santana – UESB
SALA 09
2. MILITÂNCIA E PESQUISA: o dilema do intelectual negro
Coordenação: Prof. Dr. Nilo Rosa dos Santos – UEFS
Participantes:
Profª. Drª. Isabel Ferreira Reis - UFRB
Profª. Drª. Ana Claudia Lemos Pacheco - UESB
Prof. Dr. Ronaldo Sena – UFRB

QUINTA-FEIRA – 13/10 – 14h às 16h

SALA: Auditório

3. EDUCAÇÃO BÁSICA DA BAHIA: desafios e perspectivas
Coordenação: Profª. Ms. Andréia Lisboa de Sousa - SEC/BA
Participantes:
Profª. Ms.  Amélia Santa Rosa Maraux – SEC/BA
Profª. Ms. Ana Lucia Gomes – SEC/BA
Profª. Drª. Rosangela Araujo – SEC/BA

SALA 09

4. HISTÓRIA E CULTURA AFRO-BRASILEIRA
Coordenação: Prof. Dr. Wilson Roberto de Mattos - UNEB
Participantes:
Profª. Drª. Carmélia Aparecida Miranda – UNEB
Prof. Dr. Benjamin Xavier de Paula – UFVJM
Prof. Dr. Amauri Mendes Pereira – UEZO

SEXTA-FEIRA – 14/10 – 10h às 12h

SALA: Auditório

5. ÁFRICA E DIÁSPORA I
Coordenação: Prof. Ms. Denilson Lessa dos Santos- UNEB
Participantes:
Profª. Drª. Mônica Lima e Souza – UFRJ
Prof. Dr. Juvenal de Carvalho Conceição – UFRB

SALA 09

6. QUESTÕES URBANAS E RACISMO: territorialidade e violência
Coordenação: Prof. Dr. Nilo Rosa dos Santos – UEFS
Participantes:
Prof. Dr. Renato Emerson dos Santos – UERJ
Prof. Dr. Fabio Macedo Velame – UFBA

SEXTA-FEIRA – 14/10 – 14h às 16h

SALA Auditório

7. LITERATURA AFRICANA E AFRO-BRASILEIRA
Coordenação: Prof. Ms. Suely Santos Santana - UNEB
Participantes:
Profª. Drª. Florentina da Silva Souza - UFBA
Prof. Dr. Jeziel Ferreira – UFBA
Profª. Drª. Ana Rita Santiago – UFRB
Prof. Ms. Detoubab Ndiaye – UNEB
SALA 09

8. BALANÇO DAS POLÍTICAS DE AÇÕES AFIRMATIVAS
Coordenação: Prof. Dr. Willian Robson Soares Lucindo – UDESC
Participantes:
Prof. Dr. Wilson Roberto de Mattos – UNEB
Profª. Drª. Paula Cristina da Silva Barreto – UFBA

SÁBADO – 15/10 – 10h às 12h

SALA Auditório

9. ÁFRICA E DIÁSPORA II
Coordenação: Prof. Dr. Paulino de Jesus F. Cardoso – UDESC
Participantes:
Profª. Drª. Lucilene Reginaldo – UEFS
Profª. Drª. Joceneide Cunha - UNEB

SALA 09

10. GÊNERO E CONTEMPORANEIDADE
Coordenação: Profª. Drª. Ana Claudia Pacheco - UESB
Participantes:
Profª. Ms. Silvana Santos Bispo - UFBA
Profª. Ms. Licia Barbosa – UNEB





DOMINGO – 16/10 – 10h às 12h

SALA Auditório

11. SAÚDE DA POPULAÇÃO NEGRA
Coordenação: Profª. Drª. Edna Araújo – UEFS
Participantes:
Profª. Drª. Edna Roland – Fala Preta
Profª. Drª. Damiana Miranda - UEFS
Profª. Drª. Fátima Oliveira - UFMG

SALA 09

12. ALTERIDADE E COMPAIXÃO NA DIÁSPORA AFRICANA
Coordenação: Prof. Dr. Marcos Lopes de Souza – UESB
Participantes:
Profª. Drª. Joanice Santos Conceição – FARJ
Profª. Drª. Maria das Graças de Santana Rodrigué – UESB





5. GRUPOS DE TRABALHO

 


GT 01. QUESTÕES URBANAS E RACISMOS
Coordenação: Marcos Aurélio, Renato Emerson, Cleber Julião.


SALA 01 - PRÉDIO II


SESSÃO ÚNICA – 13/10 - 14h às 16h


1. Título: Identidade e psicanálise: a construção da identidade étnica dos adolescentes do bloco afro Ilê Aiyê.
    Nome: Luis Cláudio Gondin Santos

2. Título: O território e a relação socioespacial da população negra: análise quanto à ex/apropriação dos territórios étnicos na cidade do Salvador.
    Nome: Diosmar Marcelino de Santana Filho

3. Título: Alfabetização no Quilombo de Queimados.
    Nome: Maria Isabel Alves dos Reis

4. Título: Sociabilidade e cotidiano de trabalho negro nas ruas de Salvador, 1880-1887.
     Nome: Lígia Conceição Santana

5. Título: Relações de gênero, raça, classe e desigualdades em salvador e o direito à cidade.
     Nome: Antônia Garcia dos Santos

6. Título: Salvador, cidade desigual: a construção e o arranjo espacial da segregação racial em seu espaço urbano.
    Nome: Joilson Cruz da Silva

7. Título: Discriminação religiosa: o culto afro e a perseguição policial.
    Nome: Mariana Moura e Renata Machado



GT 02.  MÍDIA E RELAÇÕES RACIAIS
Coordenação: Paula Cristina e Roberto Borges


SALA 02 – PRÉDIO II


SESSÃO 01 – 13/10 – 14h às 16h


1. Título: As representações da África nos editoriais da Folha de São Paulo (1989-2009).      
    Nome: Márcio Luís da Silva Paim

      2. Título: Racismo e a mídia no RN: discurso e preconceito contra estudantes cabo-verdianos e guineenses.
    Nome: Maria Goretti Medeiros Filgueira e Maria das Graças Andrade Ataíde de Almeida.

3. Título: “A coisa tá preta”: imagens e imaginário sobre o negro na mídia brasileira.  
    Nome: Jorge Luís Rodrigues dos Santos

4. Título: As comunidades quilombolas a indústria cultural e os meios de comunicação de massa.
    Nome: Gilvan Barbosa da Silva


SESSÃO 02 – 14/10 – 14h às 16h


1. Título: Identidade política e manipulação midiática de valores simbólicos da representação do negro na mídia.
      Nome: Ivanildes Teixeira de Sena

2. Título: Narrativas do negro na TV: processos de recepção a partir da leitura de grades televisivas.
    Nome: Agnaldo Afonso de Sousa e Isabel Cristina Alves da Silva Frade

3. Título: A capa da invisibilidade enviesada nas relações raciais da sociedade brasileira contemporânea.
    Nome: Vagner Aparecido de Moura

4. Título: Drogas e racismo num jornal de Salvador-Ba.
    Nome: Márcia Rebeca Rocha de Souza e Jeane Freitas de Oliveira



GT 03.  ENSINO DE ÁFRICAS
Coordenação: Denilson Lessa dos Santos e Claudia Rocha


SALA 06 – PRÉDIO II


SESSÃO 01- 13/10 – 14h às 16h


1. Título: Educar / encantar com África.
    Nome: Adilbênia Freire Machado

2. Título: A África no “coração místico do sertão baiano”.
    Nome: Alexsandro Bastos de Brito

3. Título: Ensino de “Áfricas” na Bahia: perfil e performances de professores e professoras de História da África da UNEB. 
    Nome: Patrícia Pena

4. Título: Ancestralidade, identidade e resistência: construindo referenciais para o ensino de História da África no Ensino Fundamental.
    Nome: Silene Arcanja Franco

5. Título: Os desafios e possibilidades do ensino da Cultura Afro-Brasileira no espaço escolar. 
    Nome: Fernanda Licia de Santana Barros

6. Título: Negro e periférico na escola pública: desconstruindo estigmas e reconstruindo identidades.
    Nome: Carmen Lúcia Santana Barbosa


SESSÃO 02 – 14/10 - 14h às 16h


1. Título: Políticas lingüísticas em África e na diáspora: estratégias de subversão da ordem e do poder linguístico.
    Nome: Claudia Rocha da Silva

2. Título: Uma análise do filme O herói: um filme importante para todos os angolanos.      
    Nome: Joceneide Cunha dos Santos

3. Título: Lei 11.645/2008 nos cursos de Pedagogia: utopia, discurso vazio, modismo ou realidade?
    Nome: Alice Maria Cardoso Nogueira Tavares

4. Título: Educação e identidade étnico-racial num território quilombola: um olhar sobre as práticas curriculares da escola
    Nome: Dinalva de Jesus Santana Macedo

5. Título: Para além do ambiental: o papel educacional dos baobás em Pernambuco
    Nome: Fernando Batista dos Santos

GT 04. ÁFRICA HISTÓRIA E HISTORIOGRAFIA
Coordenação: Juvenal Carvalho, Vanicléia Silva Santos


SALA 02 – PRÉDIO I


SESSÃO 1 – 13/10 – 14h às 16h


1. Título: Guiné Portuguesa versus Guiné-Bissau: A luta da libertação nacional e o projeto de construção de uma nação guineense.
   Nome: Artemisa Odila C. Monteiro

2. Título: Anotações sobre as guerras de independência de Angola.
    Nome: Juvenal de Carvalho

3. Título: “Acontece que são Baianos” – os africanos retornados na Revista O Cruzeiro.      
    Nome: Karine Costa Oliveira

4. Título: O Centro de Estudos Afro-Orientais (UFBA) e a Política Africana do Governo Jânio Quadros (1961).
    Nome: Luiza Reis

5. Título: As representações de Gungunhana, um embate simbólico.
     Nome: Camila Lobato Rajão

6. Título: A História da África e dos africanos pelas fontes inquisitoriais: reflexões e possibilidades.
    Nome: Felipe Augusto Barreto Rangel


SESSÃO 2 – 14/10 – 14h às 16h


1. Título: O catolicismo africano: reinterpretações religiosas e culturais.
    Nome: Aline da Silva Cerqueira

2. Título: A vanguarda dos povos africanos na construção dos saberes científicos.
    Nome: Edilene S. dos Santos Silva

3. Título: A pesquisa em História da África no Brasil.
    Nome: Vanicléia Silva Santos.

4. Título: “Aganjú Didè, um príncipe guerreiro no Atlântico negro”.
    Nome: Edmar Ferreira Santos

5. Título: O Carnaval de Mindelo – Cabo Verde.
    Nome: Raphael Rodrigues Vieira Filho

6. Título: Perspectiva atlântico - diaspórica do Congo-Angola no sul baiano.
    Nome: Cristiane Batista


GT 05. LITERATURA, ARTES E PERFORMANCES NEGRAS
Coordenação: Florentina Souza, Jesiel Ferreira, Ana Rita Santiago, Suely Santana, Simone Santos, Guacira Cavalcante.
14h às 16h e 16h às 18h


SALA 03 – PRÉDIO I


SESSÃO 1 – 13/10  - 14h às 16h


1. Título: Áfricas e africanidades na literatura de escritoras negras baianas.
    Nome: Ana Rita Santiago.

2. Título: Literatura negra para enegrecer os modos de saber: a literatura inventada por afrodescendentes e o pensamento liminar.
     Nome: Simone de Jesus Santos

3. Título: Literatura e memória: dependência ou intervenção? 
    Nome: Florentina Souza.

4. Título: Duas cabeças valem mais que uma cabeça: visões de África, Abdulai Sila e a literatura guineense. 
    Nome: Suely Santos Santana.

5. Título:  A autora negra na literatura.
    Nome: Rita de Cássia Camargo  dos Santos.

6. Título: Cosa de negros: a literatura contemporânea e o imaginário de afrodescendência na Argentina.
    Nome: Shagaly Damiana Araujo Ferreira

7. Título: A submissão da mulher negra: uma análise comparativa entre Clara dos Anjos de Lima Barreto e In Love and Trouble de Alice Walker.
    Nome: Matheus Oliveira de Moraes.


SESSÃO 2 – 14/10 – 14 às 16h


1. Título: En Chimá nase um santo: representação de afrodescendência na literatura colombiana.
     Nome: Valdineia dos Santos Santana.

2. Título: Memória e representação em O vendedor de passados, de José Eduardo Agualusa e Os cus de judas, de António Lobo Antunes nas fronteiras do contexto luso-africano.    
    Nome: Romilton Batista de Oliveira.

3. Título: A temática da memória como estratégia de representação da escrita feminina na literatura angolana. 
    Nome: Franciane da Silva

4. Título: (Re) Unindo o que não se perdeu.
    Nome: Renata Tereza Brandão Meireles e Tereza Cristina Soares de Sá.

5. Título: Literatura infanto-juvenil: algumas tendências.
    Nome: Elisa Rodrigues Silva.

6. Título: Reflexões sobre os impactos da Lei 10639/03 no mercado editorial brasileiro.             
    Nome: Daniela Galdino.

7. Título: A cor da metáfora: o racismo nos livros didáticos de língua portuguesa.
    Nome: Ivana Silva Freitas.


SESSÃO 03 – 15/10 - 14h às 16h


1. Título: Poesia negra brasileira: o desmanche das grilhetas da Sciencia do século XIX.        
    Nome: Alan Fernandes de Souza.

2. Título: Corpos em preto e branco: relações interraciais em Anjo Negro.
    Nome: Ilmara Valois Bacelar Figueiredo Coutinho

3. Título: O negro no cordel brasileiro.
    Nome: João Evangelista do Nascimento Neto - UNEB.

4. Título: Na pisada do samba de roda das margens do velho Chico: afrodescendência, memória e onstrução de identidades ribeirinhas.
    Nome: Nerivaldo Alves Araújo

5. Título: Lima Barreto: o poder da linguagem fora do poder hegemônico.
    Nome: Eliã Silva de Jesus

6. Título: Escritoras negras na América Latina: literatura e afrodescendência.
    Nome: Francineide Santos Palmeira

7. Título: A escrita afro-latina nos Estados Unidos: Junot Díaz.
    Nome: Ana Maria Silva Carmo


SESSÃO 4 – 15/10 - 16h às 18h


1. Título: Sintonias temáticas nas obras Amada de Toni Morrison e Ponciá  Vicêncio de Conceição Evaristo.
    Nome: Sally Cheryl Inkpin

2. Título: Das páginas da ficção para os entremeios da atualidade: uma análise do espaço quilombola em Ronda: oratório malungo.
    Nome: Dinameire Oliveira Carneiro Rios

3. Título: Antônio Olinto e a afirmação de uma identidade negra e afrobrasileira na literatura. 
     Nome: Carla Silva Machado.

4. Título: A trajetória de Louco Filho, escultor de Cachoeira (Bahia) no campo da arte.       
    Nome: Suzane Tavares de Pinho Pepe

5. Título: Discursos identitários negros na Arte contemporânea: o mercado e o sujeito da arte afro-brasileira.
    Nome: Nelma Cristina Silva Barbosa 

6. Título: O olhar malinês de Amadou Hampâté Bâ sobre a cultura afro-islâmica em Amkoullel, o menino fula.
Nome: Eumara Maciel dos Santos.


SALA 04 PRÉDIO I


SESSÃO 5 – 15/10 - 16h às 18h


1. Título: O Sarau Bem Black. 
    Nome: Gleiciele da Silva Oliveira

2. Título: Lorilai, Clarice e Mônica: traduções e múltiplas vozes. 
    Nome: Mônica Pereira de Santana .

3. Título: Em cena: leituras de um Quarto de Despejo.
    Nome: Letícia Maria de Souza Pereira.

4. Título: Danças afro-brasileiras: desconstruindo estereótipos.
    Nome: Evandro Passos

5. Título: “Cigana oblíqua e dissimulada”: a literatura de Machado de Assis e o contexto brasileiro oitocentista.
    Nome: Josenel dos Santos Oliveira

6. Título: Poemas afro-cubanos: identidades locais, representações “globais.”
    Nome: Fabiana da Silva Campos dos Santos



GT 06.  SAÚDE DA POPULAÇÃO NEGRA
Coordenação: Edna Araújo, Denize Ribeiro, Emanuelle Freitas Goés e Amália Nascimento do Sacramento Santos


SALA 4 – PRÉDIO I


SESSÃO 1 – 13/10 – 14h às 16h


1. Título: O quesito cor nos prontuários da assistência pré- natal.
    Nome: Amália Nascimento do Sacramento Santos

2. Título: Assistência à saúde da mulher no pre natal: correlações com a questão racial.
    Nome: Ana Raquel Carneiro Barreto

3. Título: Perfil das gestantes em Santo Antonio de Jesus, segundo raça/cor.
    Nome: Andréia Oliveira dos Santos

4. Título: Primeiras leituras: concepções de mulheres negras e brancas sobre maternidade.    
    Nome: Raquel Souza

5. Título: Esterilização e mulheres negras.
    Nome: Ugo Felicia Edu

6. Título: Extensão e saúde: uma ação educativa em caiana dos crioulos, comunidade quilombola do estado da Paraíba.
     Nome: José Antonio Novaes da Silva

7. Título: Violência na população negra de Feira de Santana- BA.
    Nome: Marco Aurélio Santos e Silva


SESSÃO 2 – 14/10 - 14h às 16h

1. Título: Saúde da população negra e diagnóstico de saúde no sistema prisional.   
    Nome: Vanderleia Nascimento Silva

2. Título: Drogas e racismo num jornal de Salvador-BA.
    Nome: Márcia Rebeca Rocha de Souza.

3. Título: Assistência integral as pessoas com doença falciforme na atenção básica.  
    Nome: Francielly Kátia Pereira Nunes

4. Título: Transtornos alimentares e mulheres negras.
    Nome: Liliane de Jesus Bittencourt

 5. Título: A introdução do ensino-aprendizagem sobre o tema  saúde da população negra no bacharelado interdisciplinar em saúde no IHAC/UFBA.
     Nome: Marcos Vinícius Ribeiro de Araújo

6. Título: Enfoques de gênero e raça em estudos de enfermagem e saúde reprodutiva - revisão integrativa da literatura.
    Nome: Silvana de Souza Santos



GT 07.  DESENVOLVIMENTO LOCAL E ARRANJO SÓCIO ECONOMICO
Coordenação: Nilo Rosa, Silvio Humberto, Romilson Sousa e Ivo Santana


SALA 3 – PRÉDIO II


SESSÃO 1 – 13/10 – 14h às 16h


1. Título: Menino quem é o seu mestre?
    Nome: Euclides Santos Bittencourt

2. Título: Os afrobrasileiros e as taxas de juros: a impossibilidade de desenvolvimento.     
    Nome: Nilo Rosa



3. Título: Terceiro setor e o desafio da sustentabilidade: estudo de multicasos de ongs negras em Salvador-Bahia-Brasil.
     Nome: Waldemario Alves de Oliveira

4. Título: Agricultura irrigada e a fixação da riqueza no campo.
    Nome: Sandilla de Oliveira



SESSÃO 2 – 14/10 - 14h às 16h

1. Título: Etnobotânica e desenvolvimento local sustentável na comunidade rural quilombola de Catuzinho municípios de Alagoinhas/ Aramarí-Bahia.
   Nome: Diane da Conceição Silva.

2. Título: A escravidão como experiência coletiva.
    Nome: Lucimar Felisberto dos Santos
              
3. Título: As dinâmicas de participação dos cidadãos no novo contexto de abertura para a democracia em Angola.
Nome: Idaci Ferreira da Conceição

4. Título: Reflexões sobre a festa da Boa Morte e aspectos da infra-estrutura local–acadêmicas.
      Nome: Cinthia Santos Moreira e Daiane dos Santos da Silva





GT 8. CIÊNCIA E TECNOLOGIA
Coordenação: Lásaro Cunha, Henrique Cunha


SALA 04 – PRÉDIO II


SESSÃO ÚNICA – 13/10 – 14h às 16h


1. Título: O menino do corpo reluzente etnociencias e transdisciplinaridade.
    Nome: Vanda Machado

2. Título: As mudanças nas diretrizes internacionais de pesquisa com humanos à luz do pensamento abissal.
    Nome: Lucimara da Silva da Cruz

      3. Título: Os processos de comunicação social da ciência em Cachoeira.
          Nome: Miria Alves da Silva

      4. Título: Inventores negros.
          Nome: Rosemar Gomes Lemos



GT 09. POLÍTICAS DE AÇÕES AFIRMATIVAS E ENSINO SUPERIOR
Coordenação: Francisco Carlos Cardoso da Silva, Maria Durvalina Cerqueira        Santos, Rosângela Sousa da Silva, Dyane Brito Rei Santos, Lilia Almeida dos Santos, Benjamin Xavier de Paula
14h às 16h e 16 às 18


SALA 09 – PRÉDIO II

SESSÃO 01 – 13/10 – 14h às 16h

1. Título: Ações Afirmativas na UNEB: históricos, conceitos e preconceitos.
    Nome: Evellin Silva Oliveira e Wilson Roberto de Mattos

2. Título: As Políticas Afirmativas de Educação Superior na Bahia: a experiência da implantação na UNEB.   
     Nome: Márcia da Silva Clemente

3. Título: O direito à diferença sem desigualdade: Ações Afirmativas em favor dos negros no Brasil.
    Nome: Jorge Luís Rodrigues dos Santos

4. Título: Um olhar sobre a implementação das ações afirmativas na UFRB.
    Nome: Dyane Brito Reis e Deisiane Conceição da Silva Santos

6. Título: O desempenho acadêmico entre cotistas e não-cotistas da UNEB: estudo comparativo entre o ano de 2003 e de 2009.
      Nome: Kize Aparecida Silva de Macedo e Wilson Roberto de Mattos


SESSÃO 02 – 14/10 – 14h às 16h

1. Título: Formação d@ Professor@ na perspectiva da Lei 10639/2003 e Relações Étnicorraciais no cotidiano escolar: e os Estudos Culturais com isso?
     Nome: Iramayre Cássia Ribeiro Reis

2. Título: Pedagogia do Candomblé: subsídios para aplicação da Lei 10.639/2003 e para a diversidade.
     Nome: Lúcio André Andrade da Conceição

3. Título: Racismo epistêmico e a descolonização da educação baiana a partir da Lei 10.639.
     Nome: Nádia Maria Cardoso da Silva

4. Título: Um estudo sobre os impactos da Lei Federal 10.639/03 na prática de ensino étnico - racial no Centro Territorial de Educação Profissional do Vale do Jiquiriçá entre 2008 e 2011.
     Nome: Dyane Brito Reis e Flávia Rodrigues Sampaio

5. Título: Educação Física e a Lei 10639/03: em busca da superação de uma dívida sócio-cultural histórica.
    Nome: Paulo Vinícius Santos Sulli Luduvice e Heldina Pereira Pinto Fagundes

6. Título: Lei 10.639/2003: currículo e escola na contemporaneidade.
    Nome: Giovana de Carvalho Castro


SESSÃO 03 – 15/10 – 14h às 16h

1. Título: História e Cultura Afro-Brasileira e Interdisciplinaridade no Ensino Público.
    Nome: Lisiane Gomes Lemos

2. Título: O não - silêncio: Um estudo sobre a prática do Ensino da História e Cultura Africana e Afro-Brasileira e Indígena no Centro Educacional Maria Santana em Pau Brasil-Bahia.
     Nome: Josivaldo Felix Câmara

3. Título: A escola como cenário para prevenção da violência e promoção da cultura da paz: a experiência de uma escola pública de Feira de Santana-Bahia. 
     Nome: Edna Maria de Araújo, Roberto dos Santos Lacerda, Dayse Mota Pinto, Adrielle Lima Fonseca, Daniel Deivson Alves Portella e Luciana de Araújo Pereira

4. Título: Sujeitos e identidades: currículo, diversidade e relações étnico-raciais na escola            pública de ensino fundamental em Feira de Santana. 
          Nome: Maria Cristina de Jesus Sampaio

5. Título: Corridos de capoeira na creche: sentindo nossa diversidade musical e étnico-racial.
     Nome: Flávia de Jesus Damião

6. Título: Contos de temática africana e a afirmação da identidade de crianças afro-brasileiras.
     Nome: Reijane Maria de Jesus Oliveira e Manoel Santos Rodrigues Junior


SALA 2 – PRÉDIO I

SESSÃO 04 - 15/10 – 16h às 18h

1. Título: O uso de diferentes linguagens e a articulação das disciplinas História e Literatura na promoção de uma educação étnico-racial.
     Nome: Emanuela de Souza Cordeiro e Kátia Luzia Soares Oliveira

      2. Título: Letramentos de reexistência: letramentos negros na cultura hip-hop.
          Nome: Ana Lúcia Silva Souza 

      3. Título: Poesias negras e relações raciais em escolas de Alagoinhas-Ba.
          Nome: Isabel Leslie Figueirêdo de Menezes Lima

      4.  Título: Identidade cultural: minha terra, minhas raízes.
           Nome: Aline Geane Oliveira Da Silva; Felipe da Purificação Oliveira, Maiton Roriz Sóglia, Tânia Regina Souza Vasconcelos e Edna Maria de Araújo

     
      5. Título: Teatro Experimental do Negro: dramas negros em cena.
          Nome: Roselice Maria da Silva Van Gastel

      6. Título: A relação da escola regular e da escola especializada com a construção da identidade étnico-racial de pessoas cegas.
           Nome: Ivone Silva de Jesus

7. Título: Educação das relações raciais na escola: a cultura do pagode em questão.
    Nome: Ivanilde Guedes de Mattos


SALA 09 – PRÉDIO II

SESSÃO 05 – 15/10 – 16h às 18h

1. Título: Formação de professores para atuar em contextos culturalmente diferentes: uma experiência com os pés no chão da escola. 
          Nome: Heldina Pereira Pinto Fagundes

2. Título: Formando educadores/as multiculturais.
          Nome: Priscila Cristina Freitas e Neli Góes Ribeiro

3. Título: Diálogos com o multiculturalismo e o currículo.
          Nome: Rosangela Souza da Silva

      4. Título: De onde vem para onde vai: um estudo etnográfico sobre as universitárias oriundas do pré-universitário PREAFRO no município de Itabuna, sul da Bahia.
    Nome: Maria Rita Santos

5. Título: Relações étnico-raciais na educação de jovens e adultos: um estudo de caso das práticas educativas na perspectiva do poder simbólico.
           Nome: Neidjane Gonçalves Dos Santos

6. Título: Só agora eu falo alto: Reflexões acerca de “raça”, linguagem e gênero na formação docente em EJA.
           Nome: Terezinha Oliveira Santos

7.  Título: Diversidade Sociocultural na Educação de Jovens e Adultos: Inquietações Contemporâneas.
           Nome: Josinélia dos Santos Moreira e Lilian Almeida dos Santos


SALA 02 – PRÉDIO I

SESSÃO 06 – 15/10 – 14h às 16h

1. Título: Políticas de ações afirmativas e agenda governamental no governo de Lula: a formulação do Plano Nacional de Promoção da Igualdade Racial.
          Nome: Waneska Cunha dos Anjos

2. Título: Vidas de entremeio: estilos, comportamentos e identidades entre negros do alto escalão no serviço público: o caso de Salvador.
          Nome: Ivo de Santana

3. Título: Subjetividade e representações de alunos negros sobre as relações raciais no contexto educativo.
           Nome: Roberto Carlos Oliveira dos Santos

4. Título: Rapeducando: língua e identidade no hip hop.
          Nome: Francisco Flores dos Santos

5. Título: "Narrativas passadas e presentes sobre o negro, no livro didático, no Brasil: mitos a desvendar".
           Nome: Jamille Pereira Pimentel

6. Título: Contribuições para o debate acerca do resgate da Cultura Afro-Brasileira e Africana na escola.
           Nome: Jurandir de Almeida Araújo e Rossival Sampaio Morais


SALA 04 – PRÉDIO II

SESSÃO 07 – 14/10 – 14h às 16h

1. Título: Silêncios marginais: a africanidade na periferia.
          Nome: Telma Sueli Soares de Sá

2. Título: O processo de geração de dados como reflexo da invisibilidade da população afrodescendente na região dos Inconfidentes-MG.
          Nome: Isabela Rodrigues Silva e Kassandra Muniz

3. Título: O sinpro-rio e a escola do professor: a formação docente no contexto das relações etnicorraciais.
          Nome: Renata Penajoia Silva

4. Título: Estudar para quê? O significado do ensino superior para a famílias negra de baixa renda: um estudo de caso na cidade de Salvador/BA.
          Nome: Ilmaci Cruz Do Carmo

5. Título: Ações afirmativas nas Universidades Estaduais da Bahia: um estudo comparativo entre a UNEB, UEFS, UESC e UESB.
          Nome: Antonio Mario Ribeiro dos Santos Virgens e Wilson Roberto de Mattos

6. Título: Perspectiva educacional do negro.
          Nome: Valéria Paixão de Vasconcelos Nepomuceno


GT 10: GÊNERO/ RAÇA/ PODER E DESAFIOS
Coordenação: Cloves Oliveira, Ana Claudia Pacheco, Francismeire Ferreira

SALA 05 – PRÉDIO II

SESSÃO 01 - 13/10 – 14h às 16h

1. Titulo: O hip-hop sob o olhar das mulheres. Aproximações com o feminismo negro?
    Nome: Licia Maria de Lima Barbosa

2. Título: Negro e... gay? Representações do homem negro gay norte-americano no seriado Noah’s Arc.
    Nome: Daniel Santos. 

3. Titulo: Gênero, etnia e poder nos Cadernos Negros: reflexões.
    Nome: Gildete Paulo Rocha.

4. Titulo: Negras jovens feministas: sexualidade, imagens e vivências. 
    Nome: Fabiana Leonel de Castro

5. Titulo: Mulher negra: lugar, não-lugar e entre – lugares. 
    Nome: Luciana Nascimento dos Santos

SESSÃO 02 – 14/10 – 14h às 16h

1. Titulo: Sincretismo e poder na formação nacional brasileira.
 Nome: Jesiel Ferreira de Oliveira Filho

2. Titulo: Nação e racismo: discursos de posse no contexto multicultural.
    Nome: Marcos Aurélio dos Santos Souza

3. Titulo: Representações do feminino em Sortilégio II: a mulher negra na obra de Abdias do Nascimento.
    Nome: Rosângela Fonseca do Nascimento

4. Titulo: A invisibilidade da mulher negra na documentação oficial.
    Nome: Karine Teixeira Damasceno

5. Titulo: Ganhadeiras: imaginário, territorialidades e espaços nas ruas de Salvador na Primeira República.
    Nome: Paloma Vanderlei da Silva


SESSÃO 03 – 15/10 – 14h às 16h

1. Titulo: Gênero, raça e subalternidades: O ensino superior e seus paradigmas.
     Nome: Francismeire Santos Ferreira
 
2. Titulo: Dinâmicas de gênero e empoderamento no comércio informal: o caso das rabidantes.
     Nome: Tatiana Raquel Reis Silva

3. Titulo: Do Engenho da Ponta à prefeitura de Maragojipe: aspecto de superação social de uma família negra no Recôncavo Baiano. 
    Nome: Itamar da Silva Santos.

4. Titulo: O papel das mulheres negras na manutenção de suas famílias no periodo pós abolição em Salvador (1888-1930).
    Nome: Verônica Nairobi Sales de Aguiar

5. Titulo: Negras e política organizacional: reflexões possíveis.
    Nome: Silvana Santos Bispo


GT 11.  CULTURA, COMUNIDADES TRADICIONAIS E RELIGIÕES
Coordenação: Valdélio Silva
14h às 16h e 16 às 18


SALA 01 – PRÉDIO I

SESSÃO 01 – 13/10 – 14h às 16h

1. Titulo: Reforma agrária em área de comunidade remanescente de quilombo: o caso Parateca Pau d’arco.
    Nome: Lidiane Neves Rodrigues

2. Titulo: Histórias de afrodescendentes numa comunidade negra do Recôncavo Baiano.
    Nome: Jacó dos Santos Souza

3. Titulo: Identidade e políticas públicas em comunidades quilombolas.
    Nome: Genny Magna De Jesus Mota Ayres

4. Titulo: A questão da terra e do território na comunidade negra rural de Matinha dos Pretos: algumas considerações.
    Nome: Elane Bastos de Souza
5. Titulo: Comunidades tradicionais quilombolas: uma analise a partir critério do auto-reconhecimento pelo direito a terra.
    Nome: Gabriele Batista Vieira

6. Titulo: Quilombos e fugitivos: resistência negra e liderança feminina no norte da Amazônia.
      Nome: Benedita Celeste de Moraes Pinto

SESSÃO 02 – 14/10 – 14h às 16h

1. Titulo: Irmandade de Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos do Pelourinho: resistência cultural negra e afrocatólica.
    Nome: Analia Santana

2. Titulo: Rezadeiras de preceito do Recôncavo Baiano: patrimônio, memória e identidade material e imaterial.
    Nome: Washington Santana de Jesus

3. Titulo: O candomblé maceioense e sua ressignificação na fronteira: uma reflexão acerca do uso diacrítico dos parâmetros religiosos na casa de Iemanjá.
    Nome: Vanessa Silva dos Santos

4. Titulo: Reelaborando relações com o sagrado.
    Nome: Dirceu Do Socorro Pereira

5. Titulo: As danças afro brasileiras nas aulas de educação física: um olhar sobre a Lei 10639/03 nas escolas.
    Nome: Andreia Pereira Rocha

6. Titulo: Mulheres negras: quilombolas e guerreiras.
    Nome: Sílvia Maria Silva Barbosa


SESSÃO 03 – 15/10 – 14h às 16h

1. Titulo: A construção social da macumba cearense: perseguição e resistência.
    Nome: Linconly Jesus Alencar Pereira

2. Titulo: Diversidade religiosa na diáspora negra no Brasil: negros protestantes e pentencostais em salvador no período 1880-1930.
    Nome: Gicélia Da Cruz

3. Titulo: A lei deles é uma a do povo é outra: trajetórias e experiências religiosas de rezadores em Santo Antônio de Jesus-Ba (1940-1970).
    Nome: Manuela Santana Nascimento

4. Titulo: Reza de São Cosme e Damião: em nome da fé e do sagrado.
    Nome: Maria Valdelice Vieira Santos

5. Titulo: Traços cosmológicos da África Central e a identidade banta na musicalidade do recôncavo.
    Nome: Marcus Bernardes

6. Título: Samba de roda: transpondo o tempo através da memória cultural, da arte e da educação no espaço quilombola.
    Nome: Genira de Araújo Góes



SESSÃO 04 – 15/10 – 16h às 18h

1. Titulo Comunidades tradicionais como culturas vivas: as memórias do “comum” na Terra dos Ausentes, em Elísio Medrado-Ba.
    Nome Renilton da Silva Sandes e Rocio Castro

2. Titulo O estado da arte na relação sagrado e comida de santo.
    Nome Rafael Camaratta Santos

3. Titulo Santos católicos na Bahia: reflexões sobre a resistência negra.
    Nome Michael Iyanaga

4. Titulo O Petronio, janela cultural dos afrodescendientes em Cali.
    Nome Juana Francisca Alvarez Arboleda

5. Titulo Lugares de Borogodó – o “zé povo” e suas práticas culturais - Amargosa (1940-1960).
    Nome Lorena Michelle Silva dos Santos

6. Titulo Mucambo de Baixo, a singularidade de um quilombo contemporâneo no extremo oeste da Bahia.
    Nome Edson Carvalho de Souza Santana

GT 12.  PENSAMENTOS E INTELECTUAIS NEGROS
Coordenação: Marluce Macedo, Antônio Liberac, Rosemere Ferreira, Andrea Lisboa


SALA 1 – PRÉDIO II

SESSÃO ÚNICA – 14/10 – 14h às 16h

1. Título: Militância e pesquisa: o dilema do intelectual negro.
    Nome: Ana Cláudia Lemos Pacheco

2. Título: Redemocratização do Brasil: “a coisa tá ficando preta".                                                                                                                                                             
   Nome: Ires dos Anjos Brito

3. Título: Pensamentos, formas, epistemologias latinoamericanas: experiências de mulheres subalternizadas.                                                                                                                     
    Nome: Andréia Lisboa de Sousa

4. Título: Produções de intelectuais negras(os) e traduções possíveis: construíndo um “mosaico metodológico” pelas “linhas marginais”  do texto.
     Nome: Marluce de Lima Macedo

5. Título: Africanidades e cultura histórica em Leopold Senghor (1945-1995).                                                                                                                    
    Nome: Danilo Santos da Silva

6. Título: Milton Santos e a crítica da pobreza urbana à pobreza estrutural globalizada.  
    Nome: Rosemere Ferreira Silva

7. Título: Manuel R. Querino e Booker T. Washington: intelectuais na diáspora em perspectiva comparada (Brasil-Eua). 
     Nome: Sabrina Gledhill      
                                                                                                                      
GT 13.  HISTÓRIA, MEMÓRIA E EXPERIÊNCIAS NA DIÁSPORA
Coordenação: Wilson Roberto de Mattos.



SALA MESTRADO

SESSÃO 01 - 13/10 – 14h às 16h

 1. Título: “Lá onde existe toda sorte de crimes”: escravidão africana e formação de quilombos no Recôncavo Sul da Bahia, 1808 a 1850.
    Nome: Alex Andrade Costa

2. Título: As narrativas fotográficas como formato propício à história dos afrobaianos do recôncavo açucareiro.
    Nome: Amós Da Cruz Souza

3. Título: Saúde e escravidão na ilha de Santa Catarina (1851-1888): por trás das descrições dos corpos.
    Nome: Débora Michels Mattos

4. Título: Limites da liberdade.
    Nome: Deyse Lima Da Silva

5. Título: Mundos possíveis: pretos, pobres e rebeldes no recôncavo da Bahia.
    Nome: Hamilton Rodrigues Dos Santos

6. Título: Agualusa e as dissimulações.
    Nome: Jean Paul D’antony Costa Silva


SESSÃO 02- 14/10 – 14h às 16h

1. Título: Marias, Joaquinas, Manuéis e Joãos: sociabilidades na Irmandade de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito em Florianópolis na Primeira República.
     Nome: Karla Leandro Rascke

2. Título: Para além da mistura, o encontro: sociabilidades, solidariedades e resistência.      
    Nome: Liliane de Jesus Oliveira Lima

3. Título: A trajetória pessoal e profissional de professoras negras: a escolha do magistério como um espaço de superação de uma história de exclusão.
    Nome: Maria José Mariano

4. Título: Trajetória das capoeiras em Santo Antonio de Jesus 1937-1950.
    Nome: Mércia Maria Barbosa Oliveira de Menezes

5. Título: A influência do legado africano no bairro do Pau Ferro, Jequié-Ba.
    Nome: Nilio Barboza Carvalho

6. Título: O comércio de rua nas margens do Atlântico.
    Nome: Orlando Almeida dos Santos

7. Título: Experiências atlânticas: africanos e crioulos na dinâmica de construção dos Quilombos do Borrachudo- Barra do Rio de Contas, 1835.
     Nome: Valdinéa de Jesus Sacramento






6. MINI–CURSOS

 



QUINTA A SÁBADO - 13 a 15/10 - 08h às 10h
SALA 01 - PRÉDIO I
1.TÍTULO: Literatura Afro-brasileira
MINISTRANTE: Profª.  Ms. Simone de Jesus Santos 


SALA 02 – PRÉDIO I
2.TÍTULO: Poder Político na África
MINISTRANTE: Prof. Ms. Juvenal Carvalho


SALA 03 – PRÉDIO I
3.TÍTULO: Poder Econômico e Ascensão Social
MINISTRANTE: Prof. Dr. Nilo Rosa


SALA 04 – PRÉDIO I
4.TÍTULO: Raça, racismo e a saúde da População Negra
MINISTRANTES: Profª.  Ms. Denize Ribeiro, profª. Ms. Amália Nascimento, profª. Ms. Andréia Beatriz S. dos Santos, prof. Dra. Edna Araújo, profa. Raquel Souzas, profa. Emanuelle Góes


SALA 01 - PRÉDIO II
5.TÍTULO: Performances Afro-brasileiras  
MINISTRANTE: Prof. Ms. Evandro Passos

SALA 02- PRÉDIO II
6.TÍTULO: Fontes Orais em Pesquisas sobre Populações Negras
MINISTRANTE: Profª.  Ms. Marluce Macedo e Prof. Ms. Hamilton Rodrigues 

SALA 09- PRÉDIO II
7.TÍTULO: Educação e Relações Etnicoraciais
MINISTRANTE: Profª.  Ms. Rosangela Souza e Profª. Dyane Brito


 

 

7. ATIVIDADES CULTURAIS

 

- Grupos culturais, danças, músicas, performances

-Lançamento de livros:

 

Sábado - 15/10/11 (18h00min às 19h30min)

Ana Lúcia Silva Souza
LETRAMENTOS DE REEXISTÊNCIA: poesia, grafite, música, dança: HIP-HOP. Editora Parábola Editorial.

Ana Célia da Silva
A representação social do negro no livro didático: o que mudou? Por que mudou? Editora EDUFBA.

Wilson Roberto de Mattos
Negros Contra a Ordem. Editoras EDUNEB/EDUFBA.

Lucilene Reginaldo
Os Rosários dos Angolas: irmandades de africanos e crioulos na Bahia setecentista. São Paulo: Alameda/FAPESP, 2011.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget